Motocross de luto: adeus a André Malherbe, tricampeão mundial de 500cc

0
5
andre malherbe, motocross

Uma lenda do motocross dos anos 80 falece hoje aos 66 anos. está desaparecido André Malherbe, tricampeão do mundo de 500cc numa carreira mundial que começou em 1975 e terminou em 1986. Anteriormente, tinha sido bicampeão europeu de 125cc com a Zündapp, a histórica marca alemã agora desaparecida. Em 1988, porém, a vida do piloto belga mudou radicalmente: um grave acidente no Rally Dakar o deixou tetraplégico.

Um grande talento e ao mesmo tempo um cavalheiro dentro e fora das corridas. Nascido em 21 de março de 1956 em Huy, na Bélgica, André Malherbe começou a pilotar motos aos sete anos de idade. Seu talento off-road foi demonstrado internacionalmente em 1973-1974, quando garantiu o Campeonato Europeu de Motocross FIM de 125cc. Mais tarde, brilhou no Campeonato do Mundo: em 1975 estreou-se nas 250cc, em 78 passou para as 500cc, categoria em que conquistou três títulos mundiais em 1980, 1981 e 1984. Mas também foi vice-campeão três vezes , além de triunfar no Motocross das Nações com as cores da Bélgica nos anos de 1977, 1979 e 1980.

Depois dos anos de glória no Motocross, em 1987 Malherbe disputou as 24 Horas de Spa, parte do Campeonato Mundial de Carros de Turismo. Mais tarde, ele tentará a estrada do Rally Raid, mas, como inicialmente dito, ele não tem sorte, na verdade sua vida muda completamente. No ano seguinte, durante o Dakar, Malherbe ficará paralisado devido às graves lesões sofridas em um acidente. Desde então vivia lutando, mas discretamente, assim como faleceu após três semanas internado.